Como captar conhecimento do cliente e de seu negócio através do WIFI
Home Inovação

Como captar conhecimento do cliente e de seu negócio através do WIFI

como-captar-conhecimento-do-cliente-e-de-seu-negocio-atraves-do-wifi.

Com consumidores cada vez mais exigentes e mercados bastante competitivos, é preciso buscar formas de criar melhores experiências para se manter à frente. A melhor maneira para fazer isso é captando conhecimento do cliente e usando essas informações para direcionar suas ações.

Existem diversas formas para compreender o comportamento do seu consumidor e coletar dados do mesmo. Uma delas, que tem atraído muitas empresas e demonstrado ser altamente eficiente, é o uso do Wi-Fi gratuito no estabelecimento, prática conhecida como Wi-Fi Marketing.

Além de ser uma forma fácil e de baixo investimento para coletar as informações, o oferecimento de internet para os clientes já é uma prática comum e quase que necessária, uma vez que o uso de smartphones cresce cada vez mais no Brasil. Portanto, por que não utilizar esse meio como uma ferramenta de marketing?

Pensando nisso, levantamos as principais informações sobre como captar conhecimento do cliente usando a rede de Wi-Fi do seu estabelecimento. Confira abaixo!

O que é Wi-Fi Marketing?

Também conhecida como Wi-Fi Social, o Wi-Fi Marketing consiste no uso da rede wireless de um estabelecimento para coletar dados dos visitantes, por meio da disponibilização de seu uso.

Os dados coletados podem ser usados para compreender melhor o público da empresa, direcionando as ações de marketing realizadas e gerando melhores resultados para o negócio.

Práticas comuns realizadas são o uso de páginas de cadastro como um canal de comunicação, incluindo produtos promocionais e cupons de desconto. Além disso, os dados são utilizados para criar campanhas personalizadas, enviando até mesmo e-mails com conteúdo direcionado para os indivíduos após sua visita.

Como funciona o processo?

O serviço de monitoramento funciona pela instalação de um roteador da empresa contratada ao seu modem de internet. O processo pode ser feito pelo próprio proprietário, sem a necessidade de um técnico, uma vez que a configuração é feita de forma online, dentro de uma plataforma.

O roteador é configurado para criar duas redes separadas, uma privada para uso do próprio estabelecimento e outra para os clientes, que podem fazer o acesso depois de um cadastro prévio.

Essa prática fornece mais segurança para o estabelecimento e para os consumidores, uma vez que o dono do local não precisa fornecer sua senha direta e criar uma rede individual para os visitantes. Além disso, esses sistemas são mais seguros do que redes públicas.

O cadastro pode ser realizado de duas maneiras: a primeira, por meio de uma página personalizada da empresa; e a segunda, conectando pelas redes sociais do visitante. No segundo caso, é possível selecionar quais dados da rede social será fornecido pelo cliente, como lista de amigos, páginas curtidas e localização.

Além disso, é possível configurar o tipo de acesso que o cliente possui, bloqueando downloads, por exemplo, e estabelecendo um período limite de uso. Após o tempo demarcado, o consumidor deverá realizar um novo acesso.

O que posso fazer com o Wi-Fi na loja?

Além da captação de informações para gerar conhecimento do cliente, o uso de plataformas de gerenciamento de hotspots em estabelecimentos pode ser integrado com outras ações e ampliar ainda mais os benefícios para a empresa.

Personalização

Usando soluções de captura pelo Wi-Fi é possível personalizar a página de cadastro, para que ela seja usada como mais um canal de comunicação da marca e ponto de contato com o cliente. 

É possível criar um layout único para a empresa, com suas cores, fontes e logotipo.

Incentivos de venda

Na sua personalização, existe a possibilidade de colocar incentivos de venda, como produtos relacionados a buscas que uma pessoa realiza na internet.

Por exemplo: sua análise de dados de busca do cliente diz que ele está procurando informações sobre futebol, portanto você pode personalizar a página com artigos esportivos, se esses estão presentes no seu mix de produtos.

Destaque de produtos e promoções

A página de cadastro também pode conter produtos e promoções que a empresa gostaria de ofertar, como itens em excesso, que precisam ser vendidos, ou promoções da loja no momento do acesso.

Aumento do alcance da marca

Assim que o cadastro for realizado, o cliente pode ser direcionado para uma página específica desejada, que pode ser o site da empresa ou uma de suas redes sociais.

Outro destino do direcionamento pode ser a página para avaliação do estabelecimento, aumentando as informações sobre a satisfação do cliente em relação à marca. 

A escolha da página de relacionamento e as informações da página de cadastro devem ser definidas conforme a estratégia de marketing da empresa e seus objetivos.

Integração com outras ações da empresa

Plataformas mais completas oferecem integração das ações, como envio de e-mail marketing para os visitantes após a visita ao estabelecimento ou remarketing em redes sociais.

Esse conteúdo é mais eficiente, pois é direcionado aos clientes que realmente se interessam pelos seus produtos, pois já realizaram alguma visita ao estabelecimento. 

Quanto custa essa ação?

O investimento feito pela empresa varia conforme as funcionalidades adquiridas. Estão envolvidos basicamente três custos principais: a contratação do pacote de internet mensal, a plataforma usada para captar os dados e análise e uso dessas informações pela empresa.

A escolha do plano de internet deve considerar a quantidade de pessoas que vai usá-lo, de forma que seja capaz oferecer uma experiência de qualidade para todos. Portanto, se seu estabelecimento recebe muitas pessoas, o valor do plano será maior.

O custo da plataforma também varia conforme o número de acessos. Além disso, você deve considerar o quanto quer personalizar a página de cadastro, quais as informações coletadas e quais funcionalidades quer contratar. Planos mais personalizados e completos resultarão em investimentos maiores.

Por fim, há o custo de gerenciar os dados e retirar as informações estratégicas do mesmo. Isso pode ser feito pela área de marketing da empresa. É importante garantir que as análises serão feitas de forma dedicada, para não retirar insights equivocados.

Se você gostou das nossas dicas sobre como captar conhecimento do cliente usando o Wi-Fi do estabelecimento, siga-nos nas redes sociais e tenha acesso a conteúdos sempre relevantes para o seu negócio! Estamos no Facebook e LinkedIn.

 

Você também pode gostar
Veja por que você deve investir em Storage no seu setor de TI
O que fazer para melhorar a gestão de Infraestrutura de TI?
saiba-o-que-fazer-para-mostrar-o-valor-da-ti-em-uma-grande-empresa
Saiba o que fazer para mostrar o valor da TI em uma grande empresa

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This