Como integrar pessoas e processos no setor de TI?
Gestão

Como integrar pessoas e processos no setor de TI?

A integração de pessoas e processos no setor de TI tem se tornado um pré-requisito para o sucesso financeiro em todas as áreas de negócios. Ela é um dos recursos mais eficientes para garantir vantagem competitiva em um mercado cada vez mais acirrado.

Dominar apenas o core business não garante mais diferencial no presente mundo corporativo, mas entender que a tecnologia pode e deve ser uma parceira estratégica tem, sim, se mostrado uma necessidade fundamental para qualquer empreendimento.

Nesse contexto, podem surgir algumas dúvidas de como usufruir todos os benefícios que a área da tecnologia da informação pode proporcionar. Acompanhe o post e saiba mais a respeito!

Como a tecnologia e a inovação são vistas na empresa?

A tecnologia frequentemente é vista como uma concorrente, em vez de aliada. Isso acontece, por exemplo, em ambientes onde ela demorou para entrar e a força de trabalho está concentrada, justamente, na metodologia de se fazer tudo “à mão”, gerando retrabalho e acúmulo de papéis.

Nesses casos, muitos colaboradores podem se sentir ameaçados ao saberem que um novo sistema ERP está sendo adotado pela empresa. Não é raro haver dificuldades de implantar um sistema novo — e até boicotes na sua utilização.

É preciso trabalhar a capacitação das equipes de TI, pois sua especialização permite apresentar soluções com máxima eficiência para os demais setores. Esse é um requisito fundamental para garantir a adesão de todos.

Como preparar a TI para a integração de pessoas e processos?

A capacitação da TI está intimamente ligada à mudança de mentalidade das equipes. O que precisa ficar claro é que a TI é uma grande aliada para a entrega de resultados cada vez mais rápidos e precisos.

Assim, é extremamente importante buscar o apoio das áreas estratégicas para superar a barreira do preconceito. Quando todos ficarem conscientes de que é uma questão de sobrevivência, vão abraçar a causa e agir de forma mais receptiva.

Buscar uma consultoria externa de gestão pode ser uma opção para motivar a equipe. Uma empresa especializada em soluções de TI pode ajudar a integrar pessoas e processos, além de elaborar um diagnóstico preciso sobre a atual situação do ambiente corporativo.

A expertise da área de tecnologia é o que faz desse setor um aliado estratégico na busca por resultados. Favorecendo essa parceria com os times, o setor de TI vai deixar de ser visto como concorrente, ameaçando a estabilidade dos colaboradores, e vai passar a ser um parceiro. Para isso, ele precisa:

  • conhecer ao máximo toda sua área de atuação;
  • apresentar ideias inovadoras para solucionar problemas recorrentes;
  • oferecer soluções com foco na entrega de resultados;
  • reduzir a burocracia e o retrabalho característicos das tarefas manuais.

Como o pessoal de TI pode ser treinado?

Existem certificações que podem ser obtidas tanto por profissionais quanto pelas próprias empresas. Há no mercado muitos programas de certificação que agregam grande valor ao negócio e sua posição de mercado, pois atestam que são utilizadas as melhores práticas em gestão de TI, pessoas e processos.

1. ISO 9001

Certificação vinculada à gestão de qualidade de seus processos internos. Denota maturidade nos processos organizacionais, gerando vantagem competitiva e acreditação junto a eventuais investidores.

2. ISO/IEC 20000

Aplica-se tanto à empresa quando ao profissional. Trata-se de uma certificação que atende às melhores práticas na gestão da TI, sobretudo nos processos de suporte (service desk).

Uma empresa com a IS0 20000 demostra estar aplicando as boas práticas na governança de TI de sua empresa. Essa certificação é um complemento ao conhecimento contido na ITIL V3 sendo que, no caso da ITIL, apenas o profissional é certificado, e não a empresa.

3. COBIT

Essa é a sigla para Control Objectives for Information and related Technology. Esse framework atua em consonância com a visão estratégica da empresa. Ele busca agregar valor ao negócio, implantando as melhores práticas de Governança de TI. Ele se baseia em cinco princípios:

  • atender às necessidades das partes interessadas;
  • cobrir a empresa de ponta a ponta;
  • aplicar um framework único e integrado;
  • permitir uma abordagem holística;
  • distinguir governança de gestão.

4. ITIL

Conjunto de princípios de gestão de TI. A ITIL é bastante difundida e adotada em TI como grande aliada para uma atuação madura. É baseada nos seus cinco livros, a saber:

  1. Estratégia do serviço;
  2. Desenho do serviço;
  3. Transição do serviço;
  4. Operação do serviço;
  5. Melhoria contínua do serviço.

Os profissionais que se certificam em ITIL começam no nível Foundation e vão até níveis mais avançados, em que o domínio dos processos é atestado pelo acúmulo de créditos obtidos com as provas que compõem o portfólio das certificações.

5. Gerenciamento de Projetos

De uma forma mais abrangente, frameworks de gestão de projetos também atestam maturidade na empresa. Muitas delas possuem um escritório de projetos próprio, enquanto outras preferem terceirizar. Essa escolha está ligada à forma como a empresa atua, ao seu tamanho e à existência de uma demanda de projetos que justifique ter um escritório próprio.

A integração de pessoas e processos no setor de TI é mais do que uma tendência, mas uma necessidade atual, tendo em vista que a tecnologia já faz parte da vida moderna. Muitos clientes fecham negócios sem sair de cada, seja no seu computador ou usando dispositivos remotos.

Contratar um outsourcing de TI é uma boa ideia?

Muitas empresas têm equipes próprias de TI. Elas podem incluir desde desenvolvedores — quando o software usado é “da casa” —, passando por analistas de suporte e até um service desk para atender às demandas internas.

A tendência atual vai por outra direção: o outsourcing, ou seja, a contratação de uma empresa especializada em fornecer todo o suporte — seja com uma equipe de técnicos para atender aos chamados ou tickets abertos pelos colaboradores da empresa ou mesmo para administração de todos os ativos de TI, incluindo:

  • sistemas na nuvem;
  • armazenamento em data centers;
  • pessoal capacitado para administrar esses recursos.

Essa é uma tendência que deve ser seriamente considerada. Ela é uma grande aliada para a integração de pessoas e processos, principalmente em empresas que possuem várias filiais que se comunicam via internet para uso de seus sistemas.

Muitas reuniões acontecem por meio das chamadas de videoconferência, reunindo pessoas em locais geográficos distantes para que, juntas, tomem decisões urgentes ou alinhem os próximos passos a serem tomados pela empresa.

Estamos diante do surgimento de uma geração que já nasce conectada, gerando demandas que precisam ser atendidas imediatamente — muito diferente do tempo em que decisões levavam semanas ou meses para serem tomadas, pela lentidão dos meios de transmissão da informação.

Nesse contexto, entendemos que a integração de pessoas e processos no setor de TI é uma questão essencial para qualquer empresa que deseja ser relevante no seu respectivo mercado.

Acompanhe nossas publicações: siga nossas redes sociais para podermos aprender juntos sobre a melhoria contínua da TI. Estamos no Facebook e LinkedIn.

Você também pode gostar
descubra-os-beneficios-do-outsourcing-gerenciado-para-o-seu-negocio.
Descubra os benefícios do outsourcing gerenciado para o seu negócio
como-estruturar-a-ti-com-foco-no-consumidor
Como estruturar a TI com foco no consumidor?
como-obter-mais-rentabilidade-com-o-setor-de-ti
Como obter mais rentabilidade com o setor de TI?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This