Como investir em uma infraestrutura de TI de acordo com as demandas do negócio?
Home

Como investir em uma infraestrutura de TI de acordo com as demandas do negócio?

Empresas de todos os tamanhos estão convergindo para um modelo cada vez mais dependente dos seus recursos de TI. A transformação digital revolucionou a nossa relação com a tecnologia, fazendo com que a forma como ela é utilizada influencie diretamente na saúde financeira dos negócios. Entretanto, isso depende de equipamentos e soluções de qualidade.

Por mais que seja fácil dizer que bons recursos tecnológicos fazem a diferença, aplicar essa ideia pode parecer um tanto complicado. Afinal, como decidir a melhor estratégia para investir em infraestrutura de TI garantindo o retorno esperado?

Para esclarecer a questão, criamos este post com tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Confira!

A gestão de TI e o seu impacto nos negócios

Alguns especialistas dizem que todas as empresas estão se tornando negócios focados em TI. Em um primeiro momento, pode parecer uma fantasia utópica. Entretanto, basta olhar para o diferencial que a tecnologia representa para perceber que não estamos tão longe disso. É impossível imaginar uma empresa crescendo no mercado sem, no mínimo, uma boa presença no mundo digital.

Para o Diretor de TI do Grupo New Space, Fernando Adriano, é preciso investir em tecnologia, mas com inteligência. “A transformação digital nos dá uma variedade tão grande de soluções que é preciso avaliar qual a que melhor atende às demandas do seu negócio. Contar com o que há de mais avançado (e caro) no mercado nem sempre é o que sua empresa realmente precisa”, argumenta. 

Da mesma forma, é crucial não deixar a infraestrutura se tornar obsoleta. Custo e benefício devem estar em equilíbrio. O orçamento de TI deve ser alinhado com a estratégia do negócio, para que o essencial seja garantido e o investimento seja direcionado com inteligência.

Para começar, é preciso levar em conta o faturamento. Afinal, é preciso agir de acordo com a realidade financeira da empresa, sem esperar que a tecnologia faça milagres. Lembre-se: se os seus concorrentes também estão investindo em TI, significa que não é hora de um tiro no escuro.

O objetivo é implementar soluções simples, integradas, que otimizem o trabalho de cada um dos departamentos da sua empresa. Assim, cada centavo tem retorno garantido — a tecnologia não é apenas uma ferramenta sofisticada, mas um diferencial competitivo frente à concorrência.

Os benefícios de investir em infraestrutura de TI

A primeira grande vantagem de investir em infraestrutura de TI com foco na estratégia do negócio é garantir o retorno financeiro, minimizando o desperdício de dinheiro. A taxa do ROI é maior, a curto ou longo prazo, de acordo com o planejamento da empresa.

Como consequência, é notável que o investimento impulsiona o crescimento no setor de atuação do empreendimento. Os objetivos de curto, médio e longo prazo são atingidos com maior eficiência — algo que todos precisam. A confiança sobre as ações estratégicas se torna maior, pois os resultados batem com aquilo que foi planejado.

Entretanto, esse alinhamento precisa ser constante. O mercado atual é muito ágil e muda rapidamente, assim como as tecnologias disponíveis. Se uma solução mais eficiente para um processo surge de repente, é preciso avaliar a viabilidade de adotá-la no lugar da que estava nos planos. Para dar um panorama mais claro, trataremos de exemplos práticos mais à frente.

Além dos benefícios, é fundamental citar um ponto de extrema importância e que tem sido muito discutido atualmente. O investimento em tecnologia vem se tornando mais que um diferencial: é uma questão de sobrevivência no mercado. Empresas que não se adaptam se tornam obsoletas, perdendo cada vez mais espaço e correndo até mesmo o risco de quebrar.

Por isso, fique atento às dicas que daremos a seguir para tornar a sua empresa uma referência em infraestrutura de TI, e não simplesmente parte do passado.

O planejamento e a execução na adoção de novas tecnologias

Investir em infraestrutura de TI não é como assar um bolo — não há receita padrão e cada empresa deve encontrar o caminho que mais se ajusta às suas necessidades. Entretanto, algumas ações básicas podem facilitar esse processo, a começar pelo planejamento.

Não importa o tamanho da empresa nem se a infraestrutura de TI está sendo renovada ou criada do zero — é essencial realizar um planejamento antes de qualquer coisa. A diferença entre uma modificação e um projeto totalmente novo é que, no segundo caso, a empresa tem a possibilidade de adotar ferramentas mais completas.

Uma adaptação, por sua vez, exige uma análise sobre o que compensa mais: comprar um novo equipamento (ou software) ou manter o atual por mais algum tempo. De qualquer forma, o primeiro passo é fazer um levantamento das necessidades da sua empresa, avaliar os concorrentes e seus processos, verificar o que há de mais avançado no seu setor e comparar com a realidade do seu negócio.

Dentro do valor definido para investimento, ponha foco no que é essencial e determine indicadores (tanto para os negócios como para a equipe de TI). Assim, durante a execução, o gestor poderá monitorar o processo e verificar se o retorno esperado está sendo alcançado.

Além disso, é crucial fazer uma pesquisa de mercado, comparar as soluções de cada fornecedor — sempre alinhado com a estratégia da empresa —, para encontrar a solução que melhor atende às suas necessidades.

A infraestrutura básica e as tecnologias que se destacam

Para uma TI eficiente, é preciso contar com alguns itens básicos, como:

  • infraestrutura de rede (switches, roteadores, cabos etc.);
  • soluções de segurança (firewalls, agregadores de antivírus profissionais etc.);
  • camada de hardware (servidores para armazenamento de dados);
  • estações de trabalho para os funcionários (computadores e periféricos, tablets, impressoras etc.);
  • recursos humanos de qualidade (profissionais contratados internamente ou suporte externo); 
  • camada de software (sistemas operacionais, antivírus, ERP etc.).

Cada um desses itens pode variar de acordo com as necessidades específicas da sua empresa, assim como o tamanho do investimento exigido por eles. Entretanto, com o básico já garantido, é hora de olhar com mais atenção para tecnologias que representam um diferencial no mercado.

Cloud gerenciado

Uma grande mudança de paradigma vem se instalando no ambiente empresarial atual. Em vez do que era comum até pouco tempo atrás, muitas empresas já não têm uma infraestrutura de servidores visível.

As chamadas nuvens são ambientes virtuais oferecidos por fornecedores que prestam o serviço de gerenciar a infraestrutura para a empresa. Não é mais obrigatório investir em equipamentos físicos — basta contratar o serviço em nuvem e acessar seus programas e plataformas pela internet.

O grande diferencial está na disponibilidade do serviço para qualquer empresa, seja ela grande ou pequena. A nuvem é estruturada de diferentes formas para atender às especificidades de cada negócio.

Na nuvem pública — como WS (Amazon), Asure (Microsoft) ou Bluemix (EBM) —, você paga por hora em um ambiente compartilhado entre diversos usuários. O serviço é mais simples e barato do que a nuvem privada, por exemplo.

Nesse caso, a infraestrutura é dedicada à sua empresa. Assim, você não compartilha o espaço com mais ninguém e garante, por exemplo, mais taxa de transferência de dados, menor risco de queda do servidor e, principalmente, mais segurança.

Já a nuvem híbrida integra características de ambos os modelos citados. Você pode alocar certas aplicações em um espaço público, mais barato e simples, enquanto plataformas sensíveis são armazenadas no espaço privado.

Os serviços oferecidos vão muito além, podendo cobrir até softwares e plataformas específicas. Basta fazer uma pesquisa de mercado e ver qual solução é mais adequada às necessidades da sua empresa.

Como você pode ver, investir em infraestrutura de TI não é nenhum bicho de sete cabeças. O importante é ter planejamento e avaliar as opções disponíveis no mercado, pois nem sempre o mais caro é o ideal para o seu negócio. Implementada com inteligência, a tecnologia pode ser a solução que você buscava para fazer a empresa crescer ainda mais!

E aí, gostou do post? Então, inscreva-se na newsletter da Amancay e receba gratuitamente mais conteúdos sobre o tema!

Você também pode gostar
saiba-o-que-fazer-para-mostrar-o-valor-da-ti-em-uma-grande-empresa
Saiba o que fazer para mostrar o valor da TI em uma grande empresa
conheca-os-beneficios-da-aplicacao-da-seguranca-da-informacao-no-ambiente-de-cloud-computing
Conheça os benefícios da aplicação da segurança da informação no ambiente de Cloud computing
gestao-de-ti-saiba-usar-os-feedbacks-para-incentivar-sua-equipe-e-aumentar-a-produtividade
Gestão de TI: saiba usar os feedbacks para incentivar sua equipe e aumentar a produtividade

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This