Conheça a infraestrutura de e-commerce ideal para iniciar sua loja virtual
Home

Conheça a infraestrutura de e-commerce ideal para iniciar sua loja virtual

Criar uma loja virtual tem tudo para ser um bom negócio. Os consumidores compram cada vez mais pela internet e o setor cresce sem parar. Apesar das boas chances de sucesso, lançar um site não é fácil. É importante que o empreendedor tenha em mente a importância de montar uma boa infraestrutura de e-commerce para que a loja comece de maneira sólida e eficiente.

Para funcionar bem, o e-commerce requer diversos detalhes extremamente complexos. Precisa ter um gateway de pagamento eficiente, um controle de estoque ágil e um serviço de frete confiável, sem citar muitas outras funcionalidades primordiais que devem ser estruturadas antes de colocar o site no ar.

Tenha certeza! É um trabalho longo e demanda muita energia, mas fique tranquilo! É também muito recompensador.

O objetivo deste artigo é guiar você pelo mundo do e-commerce e mostrar os fundamentos para construir uma infraestrutura robusta. Ao longo do texto, vamos abordar os seguintes itens:

  • o que é uma infraestrutura de e-commerce;
  • qual é a importância da infraestrutura para um e-commerce;
  • como se planeja uma boa infraestrutura para o comércio eletrônico;
  • qual é a infraestrutura básica para lançar uma loja virtual;

Não deixe de ler este artigo. Ao final, você saberá tudo o que é preciso para se preparar de maneira adequada e garantir muitas vendas. Boa leitura!

O que é infraestrutura de e-commerce?

Podemos resumir afirmando que a infraestrutura é toda a base de serviços, produtos e tecnologias necessária para que o site funcione de maneira adequada.

Dentro desse conceito, estão atividades que vão do atendimento ao cliente (pré e pós-venda) ao tipo de servidor utilizado e à equipe de manutenção do site.

A infraestrutura em lojas virtuais é muito mais elaborada e complexa do que a de um site normal. Exige um time multidisciplinar, um mix de tecnologias bem integradas e canais de comunicação variados.

Por que a infraestrutura de e-commerce é tão importante?

A resposta é simples: porque a infraestrutura pode definir o sucesso ou o fracasso do seu e-commerce. Achou a frase exagerada? Então, vamos mostrar um caso prático para você entender melhor a importância.

Imagine o site de uma loja on-line que venda roupas para crianças e que fature R$ 30 mil por mês. De repente, um bug aparece no sistema e os usuários não conseguem mais preencher o número do cartão de crédito para efetuar a compra.

E, pior, você não tem como descobrir isso de uma hora para a outra. Somente fica sabendo após a reclamação chegar até o suporte e, então, coloca o time de TI em campo para resolver a questão.

O problema é aparentemente simples. Porém, a demora em resolver traz impactos negativos. Derruba o faturamento, gera insatisfação dos clientes e reduz a taxa de conversão, problemas que só ocorreram por alguma falha na infraestrutura.

Entendeu agora a importância da infraestrutura? É algo vital para o seu negócio e, se bem elaborada, vai colocar a sua loja na frente dos concorrentes.

Como projetar uma boa infraestrutura de e-commerce?

Construir uma infraestrutura eficiente começa na fase do planejamento do negócio. Você precisa traçar os objetivos da loja. Você vai vender produtos premium ou populares? Quer atingir o grande público ou um segmento de nicho? Vai utilizar a própria plataforma ou contratar um sistema pronto? Qual a sua capacidade de investimento?

Todas as respostas das perguntas acima são fundamentais para elaborar uma boa infraestrutura. Quando as informações estiverem bem definidas, você saberá quais tecnologias deverá utilizar, qual o tipo de suporte (e-mail ou telefone) colocará à disposição dos clientes e qual o poder do servidor para manter o sistema funcionando.

Lembre-se: o planejamento bem feito é o início para elaborar e construir a infraestrutura adequada. Cada loja, cada demanda específica, cada projeto exigirá uma estrutura diferenciada.

Qual é a infraestrutura básica para lançar um e-commerce?

Apesar de cada projeto exigir uma infraestrutura específica, há alguns elementos comuns (básicos) a todas as lojas virtuais. Nesta seção, vamos destacar os principais:

Plataforma de e-commerce

A plataforma é o coração da loja virtual. É onde ocorre toda a mágica da tecnologia e, por isso, deve ser analisada com cuidado redobrado. Você pode optar por uma plataforma pronta e adaptável a suas necessidades. Outra opção é construir a própria plataforma.

Para definir a melhor opção, confira os valores praticados pelo mercado, o prazo para lançar o site no ar e a sua capacidade de investimento. Lembre-se, também, de comparar os custos de manutenção, seja de uma plataforma pronta, seja de uma desenvolvida internamente.

Marketing

A estrutura tecnológica da plataforma é fundamental, mas o marketing vai fazer com que os clientes visitem o seu site e de fato comprem os produtos. Por isso, não seja displicente com esse item. Dentro do marketing, há várias atividades que você pode colocar em prática.

É importante monitorar a frequência com que cada usuário visita o site, quais compras realiza e qual o seu comportamento geral. Assim, você poderá, por exemplo, enviar um e-mail com promoções e descontos diretamente para os clientes, dentro das necessidades de cada um.

No espectro do marketing, também vale ressaltar o marketing de conteúdo, o SEO e a divulgação em mídias sociais. Todo esse conjunto de estratégias e ações vai atrair mais visitantes e, em consequência, elevar o faturamento do site.

Suporte e atendimento ao cliente

Quem nunca comprou pela internet e se deparou com algum problema? Pode ser demora na entrega, erro no pagamento ou defeito no produto. Isso é comum de acontecer, mas o importante é que a loja resolva o equívoco de maneira rápida e não seja uma dor de cabeça para o cliente.

Por isso, o atendimento e o suporte ao cliente são itens essenciais para uma infraestrutura básica de e-commerce. Você deve colocar uma equipe à disposição para esclarecer dúvidas e dar encaminhamento às soluções.

A equipe não precisa ser grande necessariamente. O importante é que seja ágil e que o cliente tenha diferentes canais para entrar em contato com a empresa, por exemplo, e-mail, telefone e mensagens via redes sociais.

Gateway de pagamento

O gateway de pagamento é o que permite efetuar as compras ao final da jornada de venda. Se algo ocorrer de errado com o gateway, todo o esforço (tecnológico, de marketing e atendimento) vai por água abaixo.

Tanta importância exige que você redobre o cuidado para escolher um bom gateway e invista na realização de uma integração adequada com o seu e-commerce. Você tem duas opções a escolher: o gateway direto (quando é integrado diretamente com a plataforma) e o intermediador (quando a gestão financeira é terceirizada).

A infraestrutura de e-commerce é realmente fundamental para o sucesso do seu negócio, mas agora você sabe todo o necessário para construir a loja ideal para os seus clientes.

Se você gostou das nossas dicas, fique ligado nas próximas matérias e siga a gente no Facebook e LinkedIn.

 

 

Você também pode gostar
A automatização de processos em TI e seus impactos para o setor
afinal-vale-a-pena-desenvolver-um-software-para-projetos-especiais-em-ti
Afinal, vale a pena desenvolver um software para projetos especiais em TI?
descubra-as-vantagens-da-contratacao-de-projetos-pontuais-na-ti
Descubra as vantagens da contratação de projetos pontuais na TI

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This